Pirâmide Sindical

A estrutura sindical brasileira é constituída de forma piramidal,  onde se abrigam os Sindicatos, Federações, Confederações e Centrais  Sindicais, que foram recentemente reconhecidas. Na base dessas  estruturas estão, nos municípios-sede e cidades vizinhas, que formam a chamada base territorial, os Sindicatos representativos de suas respectivas categorias profissionais. Os sindicatos, portanto, estão na base dessa pirâmide sindical.
O Brasil adota o sistema de unicidade sindical, ou seja, um só sindicato por cidade ou região para cada categoria profissional e, fica vetada a criação de outra entidade sindical para representar essa categoria profissional.
As Federações agregam as entidades sindicais do Estado. Já as Confederações, têm abrangência nacional. Essa estrutura garante a presença do sistema sindical em todo o País. As Confederações englobam as Federações e estão no topo da pirâmide  sindical. Através de nossa Federação, somos filiados à CNTur – Confederação Nacional do Turismo.
A estrutura sindical brasileira está contemplada no Artigo 8º da Constituição Brasileira. Eis que diz a nossa Carta Magna:

É livre a associação profissional ou sindical, observado o seguinte:

I – a lei não poderá exigir autorização do Estado para a fundação de sindicato, ressalvado o registro no órgão competente, vedadas ao Poder Público a interferência e a intervenção na organização sindical;

II – é vedada a criação de mais de uma organização sindical, em qualquer grau, representativa de categoria profissional ou econômica, na mesma base territorial, que será definida pelos trabalhadores ou empregadores interessados, não podendo ser inferior à área de um Município;

III – ao sindicato cabe a defesa dos direitos e interesses coletivos ou individuais da categoria, inclusive em questões judiciais ou administrativas; e demais artigos.